Início » Como fazer matrícula » Matrícula Escola Estadual 2021 – Como funciona, Requisitos, Calendário

Matrícula Escola Estadual 2021 – Como funciona, Requisitos, Calendário

Quando o assunto é matrícula em escola da rede estadual, muitas dúvidas costumam surgir por parte dos pais ou responsáveis: quem tem direito? Como funciona? Onde fazer a matrícula? Quais documentos são solicitados?

Justamente para responder essas perguntas e ajudá-lo neste processo de matrícula escolar na rede estadual é que preparamos este guia completo com tudo o que você precisa saber para garantir uma vaga para seu filho no Ensino Médio neste ano de 2021!

Acompanhe abaixo.

Como funciona a rede estadual?

Matrícula Escola Estadual 2021

As escolas de Rede Estadual, como o nome sugere, são administradas pelo Governo do Estado. Assim, os colégios estaduais de São Paulo são de responsabilidade do Governo de São Paulo, por exemplo.

As escolas municipais, em contrapartida, são administradas pela prefeitura da cidade.

A Rede Estadual é responsável por oferecer vagas para estudantes no Ensino Médio, ou seja, para o 1º, 2º e 3º ano do que se entende por “colegial”. Um dos pré-requisitos para cursar o Ensino Médio é ter terminado o Ensino Fundamental.

Em alguns estados, antes propriamente da matrícula, ocorre a pré-matrícula, realizada online. Nessa etapa, os pais ou responsáveis pelo aluno indicam que o aluno está precisando de uma vaga através de um formulário pela internet.

O aluno será, então, alocado em alguma escola e sua preferência e os responsáveis precisarão ir presencialmente até o colégio para entregar a documentação e oficializar a matrícula.

Já em outros estados, há apenas a fase da matrícula, que deve ser feita diretamente na secretaria da escola em que ele deseja estudar.

Requisitos

Matrícula Escola Estadual 2021

Todos os estudantes brasileiros que terminaram o Ensino Fundamental podem cursar o Ensino Médio, pois é obrigação do Governo do Estado garantir que todos em idade escolar possam ter uma vaga em um dos colégios.

Aqueles que por alguma razão não terminaram o Ensino Médio na idade recomendada (geralmente entre 15 e 18 anos) ainda podem fazê-lo, voltando à escola através da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Calendário de Matrícula

Matrícula Escola Estadual 2021

O Calendário de Matrícula da Rede Estadual de Ensino varia muito de estado para estado e de cidade para cidade.

Porém, geralmente, as matrículas seguem a seguinte divisão de datas:

  • Solicitação de vagas na rede estadual de ensino: em meados de dezembro do ano anterior ao ano em que o aluno começará,
  • Efetivação da matrícula: em janeiro do ano seguinte.

Convém ressaltar que é possível que essas datas especuladas não sejam precisas para todos os estados brasileiros.

Recomendamos que você fique atento às notícias relacionadas à educação em seu estado, além de acessar com frequência tanto o nosso site, quanto o site do Governo de seu estado.

Documentos necessários

Matrícula Escola Estadual 2021

Para a matrícula na rede estadual, os documentos solicitados são geralmente os seguintes:

  • Certidão de nascimento/casamento (original e cópia),
  • Documento de transferência de colégio (no caso de estudantes transferidos),
  • Comprovante de residência com CEP (original e cópia),
  • 01 foto 3×4 recente,
  • RG e CPF do estudante (original e cópia),
  • Certificado de conclusão do ensino fundamental (original e cópia),
  • Documento de identificação dos pais ou responsáveis (original e cópia).

Alguns documentos a mais podem ser solicitados, a depender das exigências de cada estado.

Onde fazer a matrícula?

Matrícula Escola Estadual 2021

As matrículas também variam de estado para estado.

Em alguns deles, a matrícula ou a pré-matrícula são realizadas online, através de um portal desenvolvido pela Secretaria de Educação do Estado.

Já em outros, todo o processo é realizado presencialmente na secretaria do colégio em que o estudante deseja estudar.

Nesse caso, convém entrar em contato diretamente com ela a fim de saber mais sobre o processo de matrícula fácil.

Do contrário, pode ser que você perca os prazos de inscrição e seu filho fique sem uma vaga.

Comente